quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A estrada da palhaçada






Todo o dia por força de meu trabalho, tenho que me deslocar da cidade de Taquara a cidade de Rolante, distante uma da outra 20 km. A via que liga estas duas cidades é a RS 239.

Se você leitor deste blog quiser flagar um ato de extremo desrespeito ao cidadão venha trafegar nesta via.
Se você leitor gosta de colocar sua vida e a vida de sua família em risco, venha trafegar nesta via.

Se você leitor quiser ter a sensação que estão te confundindo com um palhaço ou com um imbecil, venha trafegar nesta via.

Se você leitor quiser realmente se stressar e de lambuja estragar seu veículo, furar os pneus ou entortar a roda do seu carro e quem sabe até se acidentar, venha trafegar nesta via.

É impressionante o absurdo do estado deste trecho da RS 239. Já viajei muito pelo interior do Rio Grande do Sul, mas tenho dificuldade de lembrar de alguma estrada que pudesse estar pior (exceção feita a estrada da morte, que aliás não era muito diferente desta).
Para denunciar este flagrante desrespeito, foi inaugurado o blog SOS RS 239.

Este blog, editado pelo César Schmidt, jovem morador de Rolante, além de iniciar um processo de exercício da cidadania, vai congregar as centenas de vozes descontentes com o atual estado da rodovia.
Visite o blog, leia o texto altamente cidadão do autor, que tenta passar um pouco do sentimento das pessoas que são obrigadas a enfrentar diariamente este horror e deixe lá seu comentário.
Nos ajudem na luta por uma estrada melhor.
P.S: as fotos foram tiradas do blog SOS RS 239.

Um comentário:

  1. Álvaro,
    Tenho certeza que nossos esforços não serão em vão. A tua e a minha indignação em vermos este tipo de desrespeito com a vida de quem passa diariamente por esta estrada é a mesma indignação de todos com quem falo sobre o assunto. A comunidade num todo mas principalmente a juventude da nossa cidade está de "saco cheio" com tanta indiferença. Estamos nos mobilizando para por fim nesta palhaçada.
    Somos capazes de mudar esta realidade e com a parceria de pessoas como você vamos fazer isto acontecer.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e opinião.