domingo, 28 de março de 2010

Os 5 locais mais perigosos do mundo

O Site listverse se propõe a reunir as mais diversas listagens. Sua última listagem se refere aos 10 locais mais perigosos do mundo. O Yahoo notícias reproduziu os 5 mais perigosos que trago para os leitores deste blog:
1° Ilha de Queimada Grande:
Fica a 35km de Itanhaém, litoral sul de São Paulo, foi apontada como o verdadeiro inferno na Terra. Ela só é paradisíaca numa foto tirada bem de longe. De perto, na verdade, seria bem difícil alguém tirar uma foto e continuar vivo para mostrá-la a alguém. Por quê? Bom, porque ela possui a incrível média de nove cobras por metro quadrado - são cerca de quatro mil no total. E não são cobrinhas inofensivas, não. São todas do tipo Jararaca-Ilhoa (Bothrops insularis), com um veneno extremamente potente, capaz de matar uma pessoa em poucos instantes. Para se ter uma ideia de como esse lugar é perigoso, ninguém pode entrar na ilha sem autorização da Marinha. Veja bem: a entrada na ilha é proibida.
2° Chernobyl (Ucrânia):
Cidade do maior desastre radioativo do mundo - uma explosão num reator da usina nuclear, gerando uma imensa nuvem radioativa que contaminou pessoas, animais e o meio ambiente de uma vasta extensão da Europa. O acidente de Chernobyl teve 100 vezes mais radiação do que as bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki durante a II Guerra Mundial. Apesar de resíduos da radiação permanecerem no solo até hoje - e permanecerão por décadas, algumas pessoas ainda moram por lá.
3° Azerbaijão:
Uma área tomada por centenas de pequenos vulcões de lama. Quando entram em atividade, voa lama para tudo quanto é lado.
4° Estrada Yungas (Ruta de La Muerte):

Liga La Paz a Coroico, na Bolívia. Ela tem 56 quilômetros de extensão e faz qualquer estrada brasileira (até mesmo a Fernão Dias) parecer uma Autobahn alemã. A Yungas contorna a Cordilheira dos Andes, a mais de 3 mil metros de altitude. Ela é sinuosa, não possui asfalto e não tem guard rail, mureta, nada. Se você erra uma curva, cai de uma altura de 600 metros. Tem uma neblina incessante também. Resultado: de 200 a 300 mortes são registradas por ano nessa estradinha do inferno.
5° Ilha de Ramree:

Localizada em Burma, no sudeste asiático. Trata-se de um imenso pântano, infestado por mosquitos transmissores da malária e repleta de crocodilos gigantescos. Durante a II Guerra Mundial, a ilha foi palco de uma batalha por seis semanas. Os relatos de soldados japoneses são macabros. Dos cerca de mil designados para o local, só 20 sobreviveram - os demais foram trucidados pelos crocodilos. "Era a cacofonia do inferno o som dos gritos de soldados sendo mastigados pelos crocodilos", relatou um sobrevivente.

domingo, 21 de março de 2010

Da Quinta pra Nove - Cruzando as Américas numa Motocicleta

Sempre fico muito feliz quando fico sabendo da publicação de mais um livro sobre motoviagens. Já esperava ansiosamente a chegada da obra de Lúcio Siqueira e Maria Paula Crisci, editores do blog "Da Quinta pra Nove" que também é título da publicação. O livro relata a aventura empreendida pelo casal que vivia em Nova York e que em determinado momento de suas vidas decide realizar um sonho: "cruzar as Américas numa Motocicleta”. DA QUINTA PRA NOVE conta como a união verdadeira de um casal é suficiente para que os desafios sejam superados e os sonhos realizados. Lúcio, Maria Paula e a moto Dedete vivem momentos maravilhosos - e outros nem tanto - numa aventura que teve início na famosa Quinta Av., em Nova York, passando por 13 países, e término na Av. 9 de Julho, em Ribeirão Preto - SP.  Sou um seguidor do blog do casal, que consta como link na seção blogs de motociclistas, e já havia publicado aqui um ótimo texto do Lúcio, sobre acidentes e cuidados com a pilotagem. Agora teremos o privilégio de ler esta obra diferente, afinal, não é para qualquer um cruzar as três américas a bordo de uma motocicleta, e detalhe, ingressaram no Brasil pela transoceânica. É ou não é coragem?. A publicação é acompanhada de um DVD com fotos de Maria Paula, que também é fotógrafa. Para encomendar o livro clique aqui e siga as orientações. Boa Leitura.

domingo, 14 de março de 2010

Trilha incrível. Vai encarar?

Dêem uma olhada no vídeo abaixo. Não é incrível?

Pé na Africa

No dia 11 de Junho começa a copa do mundo de 2010 na África do Sul. A África do Sul e o continente Africano para mim são ainda desconhecidos, ignorância esta diminuida com a leitura do livro de Fábio Zanini "Pé na Africa", que narra sua viagem de mochilão por diversos países do incrível continente. Pé na Africa é um ótimo livro que recomendo. De leitura agradável, clara e cativante, o livro me apresentou ao continente e me instigou a um dia também conhecê-lo pessoalmente. Fábio sai do lugar comum visitando e buscando experiências de um turismo não convencional. As informações contidas no livro podem ser complementadas pela leitura do blog do autor, que á jornalista da Folha de São Paulo.