domingo, 20 de junho de 2010

Duas perdas irreparáveis para o mundo

Esta semana o mundo perde dois seres humanos especiais e personagens de minha mais alta admiração. Um deles é Édio Spier, líder cooperativista, presidente de uma das maiores cooperativas de crédito do Brasil e Ser Humano dotado de uma enorme inteligência. Com ele pude conviver alguns anos, quando trabalhei na SICREDI Pioneira, localizada no município gaúcho de Nova Petrópolis, berço do cooperativismo de crédito no Brasil. Para mim foi um enorme privilégio ter podido conviver com Édio com quem apreendi e devo muito. Deixará sem dúvida um imenso vazio na sua família e no ambiente do cooperativismo. Édio faleceu na Terça-feira, dia 15 de Junho aos 77 anos. Uma lastimável perda.

Outro personagem que eu muito admirava, porém não tive o privilégio de ao menos ouvi-lo ao vivo em alguma de suas conferências aqui em Porto Alegre, porém devorei vários de seus livros é o escritor Português José Saramago. O primeiro livro, que li de José Saramago, prêmio Nobel da literatura foi o Evangelho segundo Jesus Cristo = avassalador. Obra de conteúdo ateu que causou e causa enormes controvérsias, porém interessantíssima. A forma de escrever de Saramago exercitava o meu cérebro: "uma pontuação indiossincrática, diálogos incorporados ao fluxo da narrativa, separados não por travessões ou parágrafos, e sim por vírgulas, e uma voz que não se limita a descrever uma história, mas também discorre, ensaisticamente, para além do enredo." (ZH, caderno de cultura de sábado, por Carlos Andrade Moreira). Dizia ele " A pontuação é uma convenção. Existem línguas que não usam, mas mesmo assim os que as falam entendem o que leem. Quando falamos não usamos pontuação". Saramago morreu aos 87 anos na Sexta-feira, dia 18 de Junho. Continuo e continuarei sendo seu fã e admirador.
"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais." - José Saramago.

Saramago, assim com Édio eram sujeitos autênticos, verdadeiros, sem subterfúgios na hora de defender apaixonadamente seus pontos de vistas. À Pessoas como eles deveria ser concedido a graça de poderem viver mais 100 anos

domingo, 13 de junho de 2010

Confira o relato da viagem "NAS ASAS DO CONDOR"

Para quem quiser acompanhar o relato da Viagem "Nas Asas do Condor", acesse o link ou blog especialmente criado para este fim. A Adelaide, que está se revelendo uma excelente relatora tem postado o relato dia a dia com as respectivas fotos. Está ficando muito legal e pode serivir de apoio e informação para quem um dia quiser fazer uma viagem parecida. Já postamos até o 13° dia. A cada semana relatamos um dia. Estamos desta maneira na metada da viagem. Boa leitura